quinta-feira, 27 de junho de 2024

Recadinho para os idiotas adoradores de políticos cafajestes


Que fanáticos ideológicos e puxa-sacos de políticos são usados como massa de manobra e fazem papel de otários já sabíamos desde a chegada de Pedro Álvares Cabral, né? Mas ainda assim vale o registro dessa turminha que tem orgulho de ser imbecil. Vamos a dois exemplos claros.

Nunca São Paulo viveu tamanha insegurança, com uma onda crescente de assaltos, furtos, roubos, latrocínios e tanta violência e criminalidade explícitas. Muito embora a polícia seja toda comandada por bolsonaristas, que lacram nas redes e nas campanhas eleitorais propagando expertise no tema. Pauta predileta da direita mais tosca. E aí, manés, estão satisfeitos?

Por outro lado, um dos temas preferidos da esquerda moderninha é o Meio Ambiente, que necessita mesmo da atenção do poder público até mesmo para a nossa sobrevivência. Mas atingimos recordes de queimadas e desmatamentos em pleno governo lulista. E não me venham dizer que a culpa é toda das mudanças climáticas, porque a canalhice humana é obviamente o fator principal dessa tragédia.

Resumindo: enquanto as bolhas seguem se atacando nas redes, numa polarização cretina e interminável, na vida real todos nós estamos pagando um preço altíssimo (muitas vezes com as nossas próprias vidas) pela irresponsabilidade, incompetência, incapacidade, inoperância, hipocrisia, demagogia e filhadaputice desses eleitos sem caráter. E do seu voto burro, eleitor analfabeto político.